Quem pagou a fiança de Daniel Alves? Globo se pronuncia após ser acusada de dar o dinheiro que tirou o jogador da cadeia

A polêmica em torno do pagamento da fiança que tirou Daniel Alves da cadeia após a condenação por estupro continua gerando polêmica. Neste domingo (31), a colunista espanhola Marisa Martín Blázquez, do canal Telecinco, acusou o Grupo Globo de ter pago o valor em troca de uma entrevista exclusiva com o jogador.

Ela afirma que a revista Quem, referência em jornalismo de celebridades no Brasil, teria sido a responsável por desembolsar 1 milhão de euros, o equivalente a R$ 5,4 milhões, para tirar Daniel Alves da cadeia.

Em nota divulgada através do jornal O Globo, o Grupo Globo nega qualquer participação na soltura de Daniel Alves. “Sobre a fake news que está sendo compartilhada de que a Quem teria arcado com a fiança do jogador Daniel Alves, gostaríamos de esclarecer que ela não corresponde a verdade e não pagamos por qualquer reportagem produzida, dado seu caráter jornalístico”, inicia o comunicado.

O Grupo Globo também afirma que não foi procurado pelo veículo espanhol para dar seu posicionamento. “Seguimos acreditando que o bom jornalismo jamais terá espaço para reportagens pagas”, finaliza a nota.

FIANÇA DE DANIEL ALVES PODE TER SIDO PAGA POR EX-CRAQUE DO BARCELONA

Outro forte rumor que circula é o de que a fiança de Daniel teria sido paga pelo jogador Memphis Depay. A informação é do jornalista Mabkhout Al Marri. Os dois atletas se conheceram quando atuaram juntos no Barcelona.

Essa não seria a primeira vez que Memphis oferece suporte a um jogador envolvido em caso de estupro. Ele ajudou e saiu em defesa publicamente quando Benjamin Mendy foi preso por estupro, em 2023. O atleta recebeu acusações de quatro mulheres e foi absolvido pela Justiça britânica. Depay também já emprestou dinheiro para Quincy Promes, condenado a 6 anos de prisão por tráfico de drogas.

Em entrevista ao jornal Record, de Portugal, Memphis declarou: “Benjamin Mendy e Dani Alves também estiveram envolvidos em casos criminais, mas isso não significa que tenham deixado de ser meus amigos. Não conheço o Quincy tal como ele é descrito. Isso não significa que eu diga que eles fazem as coisas bem ou que apoio tudo o que os meus amigos fazem. Mas não os vou deixar”.

Share with your friends!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *